Consultoria à Certificação DGERT

Group of three business partners interacting at meeting in office

Certificação DGERT como funcionamos

I.  ANÁLISE

Para iniciar o processo de certificação será necessário realizar um diagnóstico e levantamento de informações relativas à entidade que pretende a certificação. Para tal, deverá fornecer as seguintes informações:

A Entidade

a)    Apresentação sucinta da empresa e da sua atividade principal (CAE);

b)    Organigrama da organização, no qual deverão ser indicados todos os colaboradores (externos ou internos), assim como o seu vinculo contratual

Plano de Intervenção

a)    Estratégia e desenvolvimento ( projetos, financiamento, etc)

b)    Fundamentos;

c)    Áreas de Intervenção

d)    Objetivos e metas a atingir

O Espaço

a)    Registos fotográficos do (s) espaço (s) utilizado (s) para formação;

b)    Relação dos equipamentos necessários e utilizados em formação;

c)    Endereço, contactos, horário de atendimento ao público.

II.                 CERTIFICAÇÃO

2.1.     O processo de certificação terá de ser solicitado sempre que necessite de uma nova área de educação formação?

R: O processo de certificação é realizado apenas uma vez, caso pretendam alterar as áreas de certificação este projeto denomina-se por alargamento de áreas. A Multicompetências realiza todo o processo de certificação inicial e certifica-se que a equipa estará autónoma para realizar o processo de alargamento quando for necessário, uma vez que cedemos toda documentação do processo de certificação, em formato digital e estaremos sempre disponíveis para auxiliar.

 2.2.     Quantas áreas podem ser certificadas?

R: Numa fase inicial, sugerimos que sejam pedidas três áreas de formação, de acordo com a vossa atividade, ou com a vossa percepção acerca das necessidades do mercado, caso sejam necessário, solicitam o já referido pedido de alargamento de áreas.

 2.3.     Quanto tempo demora o processo de certificação?

R: Faz parte dos nossos valores assumir cada projeto com seriedade, por tal, somos exigentes e exímios na realização de um processo certificação, no entanto, tentamos ser o mais céleres possível – 60 dias úteis – é o prazo estimado para que tenhamos o processo pronto a submissão. Após a submissão a DGERT emite o seu parecer no prazo máximo de 90 dias úteis.

2.4.     Como é realizado o processo de recolha de informação?

R: Para que o processo reflita as reais necessidades da entidade devera ser feita uma recolha de informação de qualidade para que o processo culmine com êxito. Assim, será adjudicado (a) um (a) consultor(a) ao vosso processo, este (a) fará reuniões periódicas com a entidade até que o processo seja submetido.

2.5.     Quais os custos de um serviço de consultoria?

No quadro abaixo apresentamos a nossa tabela de valores para o processo de certificação de entidades, cujo pagamento poderá ser realizado em três fases distintas:

FASE

ESTADO PROCESSO

MONTANTE

FASE 1 ADJUDICAÇÃO 800 € + IVA
FASE 2 SUBMETIDO À DGERT 800€ + IVA
FASE 3 DEFERIMENTO DGERT (*) 800€+ IVA
(*) Em caso de indeferimento ou de pedido de audiência prévia, a Multicompetências assume a responsabilidade de alterações do processo, até que este seja aprovado.

R: O valor total do serviço será de 2400 euros (dois mil e quatrocentos euros) acrescido de IVA à taxa legal.

2.6.     Para além do processo de certificação é feito algum acompanhamento aos colaboradores da entidade?

R: Para além da realização do processo de certificação, o nosso serviço de consultoria pressupõe um serviço de acompanhamento on-going, ao longo de 18 (dezoito) horas, aos (às) colaboradores (as) que designarem para exercer funções de Diretor (a) de formação e coordenadores (as) pedagógicos (as) de forma a apoiar, numa fase inicial, o cumprimento das diretrizes de qualidade exigidas às entidades certificadas.

2.7.  A Multicompetências só realiza projetos de consultoria no âmbito da certificação DGERT?

R: Não. A Multicompetências é uma empresa especializada em consultoria, apostando em várias áreas de intervenção, nomeadamente:

  • Candidatura a projetos de cariz financiado;
  • Planos de Igualdade de Género em empresas;
  • Projetos de Responsabilidade Social em empresas;
  • Formação de Recursos Humanos;